HÍSTORIA DO CONGRESSO

A ideia de realizar o 1º Congresso internacional Medicina Chinesa Clássica nasce da necessidade de compartilhar entre os profissionais do setor de nossa região os avanços nos seus estudos e animar aos que estão começando seu caminho atualmente.

Esta empresa formada por Carles Garay Donoso, Jordi Salés Parés, Joan Alfons Rivero Rivera, Martí Lleonart Santos e Álvaro C. Lorente Puchades vem sendo gestada durante muitas reuniões realizadas nos últimos dois anos.

A participação em outros congressos internacionais e observar a falta de assistência de terapeutas da nossa área do Mediterrâneo nos levou a encarar este desafio e assumir este compromisso para com o nosso setor, que em outubro de 2018 finalmente será realidade.

Este Congresso, o primeiro de muitos, se realiza graças à dedicação de seus fundadores com uma grande bagagem profissional como Carles Garay Danoso, que atualmente ministra cursos em Espanha e Portugal sobre acupuntura distal baseando-se nos clássicos – e especialista em farmacopeia –, ou como Jordi Salés Parés, também especialista em farmacopeia, que ministra cursos junto a Álvaro C. Lorente Puchades em técnicas de acupuntura clássica baseada no Yi Jing (I Ching), Nan Jing; ambos são fundadores da Fundação Sān Qiáng, a cujo projeto uniu-se Martí Lleonart Santos, e codirigem esta fundação no Nepal para dar assistência aos mais necessitados através da Medicina Chinesa. Também Joan Alfons Rivero Rivera, docente em Fundamentos da Medicina Chinesa Clássica e tratamentos, assim como em matéria de Meridianos Extraordinários, cujos cursos está ministrando atualmente.